top of page

Alimentação na Endometriose


O que é a endometriose?

Endometriose ocorre quando as células da camada interna do útero (chamada de endométrio) crescem além do órgão e vão se multiplicar em outros locais, como intestino, em torno da bexiga, nas alças intestinais, nos ovários ou até em toda a região pélvica.

“O problema é que o corpo reage. O nosso organismo percebe que aquelas células não deveriam estar lá, provocando uma reação inflamatória”. Isso gera consequências nada agradáveis, como:

  • Cólica forte;

  • Dor na relação sexual;

  • Além disso, menstruação alterada (fluxo intenso e irregular);

  • Mudanças no padrão da micção (xixi);

  • Humor inconstante;

  • Constipação e gases;

  • Por fim, dores no ciático, no pé e no ombro.

Com diferentes graus de evolução e complicação, a doença pode evoluir para quadros de infertilidade. Vale ressaltar que esses sintomas podem passar sem diagnóstico correto quando a endometriose não está sendo monitorada pelo profissional de saúde. Por isso, é preciso estar alerta


Endometriose, alimentação e sintomas intestinais: relações

Os alimentos têm um papel muito importante na diminuição da inflamação do corpo e, consequentemente, no alívio dos sintomas da endometriose. Contudo e infelizmente, o contrário também é válido: aqueles itens considerados pró-inflamatórios, isto é, que estimulam a inflamação, podem piorar o quadro.

Uma dieta rica em carboidratos refinados, como açúcares, pães, massas e biscoitos recheados, doces em geral, gorduras e fast foods, causam uma inflamação crônica sistêmica no organismo. Ou seja, quanto maior a ingestão desses itens, maiores as chances de desenvolver e piorar a endometriose.

Em algumas pessoas, o glúten presente no trigo e a proteína do leite de vaca também geram sintomas intestinais.

Mas é claro que essa questão varia de pessoa para pessoa. Cada mulher vai responder de uma forma, umas vão tolerar mais, e outras menos. Isso é a individualidade biológica, e deve ser respeitada durante a prescrição dietética.

Além disso, a relação entre a endometriose e o estresse e a ansiedade colaboram para o avanço da mesma com a redução do sistema imune.

Recomendações gerais:

* Evitar o consumo regular de carboidratos simples;

* Evitar o consumo de alimentos gordurosos e frituras;

* Evitar o consumo de bebidas alcoólicas( principalmente cerveja e vinho)

* Evitar o consumo de alimentos embutidos( presunto, mortadela, salame, salsicha, bacon)

* Reduzir o consumo de alimentos com lactose e glúten;

* Preferir frutas, verduras, carnes magras, alimentos ricos em Omega 3

* Ingerir em média 2litros de água por dia

* Praticar exercícios físicos com regularidade.


Por: Jaqueline A. Ferreira - Nutricionista

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page